• bahai_brasil

ONU aprova resolução condenando violações de direitos humanos no Irã


Salão da Assembleia Geral das Nações Unidas. Créditos da foto: nato.int

NOVA YORK,18 de novembro de 2020 - Apesar da pandemia em curso, um comitê da Assembleia Geral das Nações Unidas considerou e aprovou uma resolução hoje pedindo ao Irã que observe os direitos humanos de todos os seus cidadãos, incluindo membros da Fé Bahá'í. A Terceira Comissão da Assembleia Geral aprovou a resolução por uma votação de 79 a 32. Sessenta e quatro Estados Membros se abstiveram de votar.


A resolução exorta a República Islâmica a "eliminar, na lei e na prática, ... todas as formas de discriminação com base no pensamento, consciência, religião ou crença, incluindo restrições econômicas, ... a negação e as restrições ao acesso à educação, inclusive para membros da Fé Bahá'í... ”. As resoluções também exigem o fim de “outras violações de direitos humanos contra pessoas pertencentes a minorias religiosas reconhecidas e não reconhecidas”.


Por mais de 40 anos e até hoje, toda a comunidade bahá'í no Irã tem sido sujeita à uma perseguição contínua, multidimensional e patrocinada pelo Estado, afetando cada um de seus membros por gerações e em todas as fases da vida, até mesmo na morte. Embora as táticas específicas empregadas pelas autoridades iranianas às vezes mudem, seu objetivo de destruir a comunidade Bahá'í como uma entidade viável no Irã continua com força total.


“Por vários meios, as autoridades mantêm o foco neste objetivo, insistindo em excluir os bahá'ís da esfera pública e impedi-los de expressar suas crenças, empobrecê-los economicamente, minar seu avanço intelectual, apagar traços de sua história e cultura, bem como espalhar desinformação e incitar o público a criar um ambiente de ódio contra eles ”, disse Bani Dugal, representante principal da Comunidade Internacional Bahá'í nas Nações Unidas.


“Esperamos que o Irã finalmente dê ouvidos às recomendações desta resolução e ao apelo da comunidade internacional para que defenda os direitos humanos de seus cidadãos.”


A resolução será confirmada pelo plenário da Assembleia Geral em dezembro.


Fonte: Bahá'í World News Service, original em inglês disponível aqui

27 visualizações

info@bahai.org.br

(+55 61)3255-2200

  • Facebook - White Circle
  • Branca ícone do YouTube