Ele é Deus! Ó Senhor, meu Deus! Ó Tu, que ajudas o fraco

Oracoes / Ele é Deus! Ó Senhor, meu Deus! Ó Tu, que ajudas o fraco

Quer ganhar um e-book de orações?

Gotas de Fé - Sua dose diária de espiritualidade no Facebook.

Curta a página Gotas de Fé no Facebook!

Ele é Deus!

Ó Senhor, meu Deus! Ó Tu, que ajudas o fraco, socorres o pobre e salvas o desamparado que para Ti se volta.

Com a maior humildade ergo minhas mãos suplicantes ao Teu reino de beleza e com ardor Te invoco, falando do íntimo do meu ser: Ó Deus, meu Deus! Ajuda-me a Te adorar. Fortalece meus poderes para Te servir. Ampara-me, com Tua graça, em minha servitude a Ti. Que eu permaneça firme em minha obediência a Ti. Derrama sobre mim as copiosas graças de Tua benevolência. Dirige para mim os olhares de Tua amorosa bondade e imerge-me no oceano de Teu perdão. Permite que eu seja confirmado em minha fidelidade à Tua Fé e concede-me a máxima certeza e segurança para que eu possa desligar-me inteiramente do mundo, voltar minha face com toda devoção em direção à Tua face, ser fortalecido pelo poder irresistível das provas e testemunhos e, investido de majestade e poder, possa ultrapassar todas as regiões do céu e da terra. Verdadeiramente, Tu és o Misericordioso, o Todo-Glorioso, o Soberano, o Compassivo.

Ó Senhor! Estes são os sobreviventes dos mártires, aquele grupo de almas abençoadas. Têm suportado todas as tribulações e demonstrado paciência em face da injustiça opressiva. Renunciaram todo conforto e prosperidade, submetendo-se espontaneamente a terríveis sofrimentos e adversidades no caminho de Teu amor, e estão ainda cativos nas garras de seus inimigos, que continuamente os atormentam amargamente e os oprimem porque prosseguem firmemente em Teu reto caminho. Ninguém há quem possa ajudá-los, ninguém para os amparar. Além dos ignóbeis e maldosos, não há ninguém para com eles se associar e conviver.

Ó Senhor! Essas almas têm provado amarga agonia nesta vida terrena e, em sinal de seu amor pela beleza radiante de Teu semblante e em sua ansiedade por atingir Teu reino celestial, têm tolerado todas as indignidades que o povo da tirania tem infligido sobre elas.

Ó Senhor! Enche seus ouvidos com versos de ajuda divina e de uma rápida vitória e liberta-as da opressão daqueles que comandam terrível poder. Detém as mãos do malfeitor e livra estas almas de serem dilaceradas pelas garras e dentes de bestas ferozes. Em seu amor por Ti ficaram fascinadas e a elas foram confiados os mistérios de Tua santidade. Permanecem humildemente à Tua porta, tendo atingido o Teu exaltado limiar.

Ó Senhor! Generosamente revigora-as com um novo espírito; ilumina seus olhos para que possam contemplar Tuas maravilhosas evidências na escuridão da noite; destina-lhes todo o bem que existe em Teu Reino de eternos mistérios; torna-as como estrelas brilhantes, irradiando-se sobre todas as regiões; árvores frondosas carregadas de frutos e ramos, movendo-se sob as brisas do alvorecer.

Verdadeiramente, Tu és o Generoso, o Poderoso, o Onipotente, o Irrestrito. Não existe outro Deus senão Tu, o Deus de amor e amorosa compaixão, o Todo-Glorioso, O que sempre perdoa.

- 'Abdu'l-Bahá