Título 1

Pela Humanidade

Louvado seja Teu Nome, ó Senhor meu Deus! Trevas caíram sobre todas as terras e as forças do mal cercaram todas as nações. Através delas, porém, percebo os esplendores da Tua sabedoria e posso discernir o brilho da luz da Tua Providência. Os excluídos de Ti, como se o fossem por um véu, imaginaram que tivessem o poder de apagar Tua luz, extinguir Teu fogo e aquietar os ventos da Tua graça. Não, e disso Tua grandeza me dá testemunho! Não fosse cada tribulação a portadora de Tua sabedoria e todo sofrimento o veículo de Tua providência, ninguém se teria atrevido a nos fazer oposição, ainda que os poderes da terra e do céu se ligassem contra nós. Fosse eu desvendar os maravilhosos mistérios de Tua sabedoria, que se expõem diante de mim, as rédeas de Teus inimigos seriam rompidas. Glorificado sejas, pois, ó meu Deus! Suplico-Te, por Teu Nome Supremo, que reúnas aqueles que Te amam ao redor da Lei que emana de Tua vontade e sobre eles faças descer o que lhes tranquilize o coração. Potente és para fazer o que Te apraz. És, em verdade, o Amparo no Perigo, O que subsiste por Si próprio.

Bahá'u'lláh

Louvor a Ti, ó meu Deus, por haveres volvido as faces de Teus servos para a mão direita do trono das Tuas dádivas e os feito desprenderem-se de tudo, menos de Ti, para que reconhecessem Tua soberania e Tua glória. Testifico a potência da Tua Causa, a força predominante do Teu decreto; dou testemunho de ser imutável a Tua vontade e infinito o Teu desígnio. Todas as coisas jazem aprisionadas na mão do Teu poder, e a criação inteira se mostra destituída quando face a face com as evidências da Tua riqueza. Trata, pois, os Teus servos, ó meu Deus, meu Bem-Amado, meu Desejo supremo, e todos aqueles por Ti criados, de um modo em harmonia com Tua beleza e Tua magnificência e digno de Tua generosidade e Tuas graças. És, em verdade, Aquele cuja compaixão envolveu todos os mundos, cuja graça abrangeu todos os que habitam a terra e o céu. Poderá haver quem Te haja implorado e cuja prece não tenha sido respondida? Onde há de se encontrar alguém que tenha se dirigido a Ti sem que Tu Te aproximasses dele? Quem poderá dizer que tenha fixado em Ti sua vista e cujos olhos da Tua misericórdia para ele não se volvessem? Atesto haveres Tu Te dirigido a Teus servos antes deles a Ti se dirigirem e haveres Tu Te lembrado deles antes deles se lembrarem de Ti. Todas as graças são Tuas, ó Tu em cuja mão está o reino das Dádivas e a origem de todo decreto irrevogável. Faze descer, pois, ó meu Deus, sobre todos os que a Ti se dirigirem, aquilo que os possa desprender de tudo o que não se relacione a Ti, aquilo que os faça aproximarem-se de Teu próprio Ser. Ajuda-os a Te amarem, por Tua graça, e a resignarem-se àquilo que Te aprouver. Que sigam, então, diretamente no caminho da Tua Causa, caminho este onde têm falhado os pés daqueles dentre Teu povo que duvidam, daqueles dentre Teus servos que são refratários. Tu és, em verdade, o Todo-Poderoso, o Onipotente, o Supremo.

Bahá'u'lláh

Meu Deus, a Quem venero e adoro! Atesto Tua unidade e Tua unicidade, e reconheço Tuas dádivas, tanto no passado como no presente. És o Todo-Generoso! As copiosas chuvas da Tua misericórdia têm caído de modo igual sobre grandes e humildes e os esplendores da Tua graça difundiram-se sobre obedientes e rebeldes. Ó Deus de misericórdia, ante cuja porta se curvou a quintessência da misericórdia e ao redor do santuário de cuja Causa se revolveu a benevolência em seu mais íntimo espírito - nós Te suplicamos, implorando Tua graça antiga e pedindo Teu favor presente: tem compaixão de todos os que se manifestam no mundo dos seres e não lhes negues as emanações de Tua graça, em Teus dias. Todos são apenas pobres e necessitados, e Tu, em verdade, és Quem tudo possui e sobre tudo predomina, o Onipotente!

Bahá'u'lláh

Meu Deus, Tu a Quem adoro e venero, Tu que és o Mais Poderoso! Dou testemunho de que nenhuma descrição, por qualquer criatura, jamais Te poderá revelar, ou louvor pronunciado por ser algum, expressar-Te. Nem a compreensão de qualquer um no mundo inteiro, nem a inteligência de qualquer de seus povos poderá, de um modo que Te seja digno, conseguir acesso à corte da Tua santidade ou desvendar o Teu mistério. Qual o pecado dos habitantes da cidade dos Teus nomes que tanto os afastou de Teu Horizonte todo-glorioso, e impediu de se aproximarem de Teu grande Oceano? Uma só letra do Teu Livro é a mãe de toda a expressão, e uma palavra daí procedente gerou todas as criaturas. Qual a ingratidão mostrada pelos Teus servos, para Tu os haveres impedido, todos eles, de Te reconhecerem? Uma gota do oceano da Tua misericórdia é suficiente para extinguir as chamas do inferno, e uma centelha do fogo do Teu amor basta para incendiar um mundo inteiro. Ó Tu que és o Onisciente! Embora sejamos refratários, ainda nos apoiamos em Tua bondade; embora careçamos de conhecimentos, ainda dirigimos nossas faces ao oceano da Tua sabedoria. És aquele Todo-Generoso que uma multidão de pecados não deteve de conceder as Tuas graças, e cujas dádivas não deixaram de fluir por causa do afastamento dos povos do mundo. Desde a eternidade, os portais da Tua graça permanecem abertos de par em par. Uma gota do oceano da Tua misericórdia pode adornar todas as coisas com o ornamento da santidade e uma infinitésima porção das águas dos Teus favores, fazer a criação inteira atingir a verdadeira riqueza. Não levantes o véu, ó Tu que és o Ocultador! Desde a eternidade, os sinais da Tua mercê envolveram o universo, e os esplendores do Teu Nome Supremo se irradiaram sobre todas as coisas criadas. Não negues a Teus servos as maravilhas da Tua graça. Torna-os conscientes de Ti, a fim de que atestem a Tua unidade, e dá-lhes a capacidade de Te reconhecerem, para que a Ti se apressem. Tua misericórdia envolveu toda a criação, e Tua graça penetrou em todas as coisas. Das ondas do oceano da Tua generosidade, foram revelados os mares do zelo e do entusiasmo. Tu és o que és. Tudo mais é indigno de qualquer menção, a menos que possa entrar sob Tua sombra e ser admitido à Tua corte. Não importa o que nos sobrevenha, imploramos a Tua clemência antiga, e pedimos a Tua graça predominante. É nossa esperança que a ninguém Tu negues Tua mercê, nem prives alma alguma do adorno da eqüidade e da justiça. És o Rei de toda bondade, o Senhor de todos os favores, supremo sobre todos os que estão no céu e na terra.

Bahá'u'lláh

Ó Senhor! Permite que todos os povos da terra obtenham acesso ao Paraíso de Tua Fé, de modo que nenhum ser criado permaneça além dos limites de Teu beneplácito. Desde tempos imemoriais, Tu és potente para fazer o que Te apraz e transcendes qualquer coisa que desejes.

O Báb

info@bahai.org.br

(+55 61)3255-2200

  • Facebook - White Circle
  • Branca ícone do YouTube