Jejum

Oracoes / Categorias / Jejum

Saiba mais!

Conheça as leis bahá'ís sobre o Jejum clicando aqui.

Para ter acesso a informações sobre o Calendário Bahá'í, acesse esta página.

Quer ganhar um e-book de orações?

Gotas de Fé - Sua dose diária de espiritualidade no Facebook.

Curta a página Gotas de Fé no Facebook!

Quer saber mais?

Para aprofundar-se mais sobre o tema, acesse o livro eletrônico O Jejum Bahá'í - programa devocional para o aprofundamento e meditação.

Se preferir, acesse a versão HTML do livro.

 Orações para o Jejum

"Permite, ó meu Senhor, que este jejum se torne um rio de águas vivificadoras e dele provenha a virtude da qual Tu o dotaste."

- Bahá'u'lláh

O décimo nono mês bahá'í (Alá/Sublimidade - 2 a 20 de março), que se segue imediatamente à hospitalidade dos Dias Intercalares, é o mês do jejum. Durante dezenove dias o jejum é observado pela abstinência de alimentos e bebidas do nascer ao pôr-do-sol.

Bahá'u'lláh dá extraordinária importância ao período do jejum e às virtudes com que foi dotado por Deus desde tempos imemoriais. O jejum está entre as "leis e preceitos maravilhosos". Deve-se jejuar, diz Bahá'u'lláh, "por amor a Deus e em conformidade com Seus mandamentos". Ele também afirma: "Abençoado seja aquele que observa o jejum inteiramente por Teu amor."

Os textos completos que definem as prescrições da Lei do Jejum são encontrados no Kitáb-i-Aqdas, O Livro Sacratíssimo.

  

Clique nos links para ter acesso aos textos completos de cada oração.

Ó meu Deus, dou testemunho de que Tu, desde toda a eternidade, nada fizeste descer sobre Teus servos senão aquilo que causasse sua elevação

Ó meu Deus, dou testemunho de que Tu, desde toda a eternidade, nada fizeste descer sobre Teus servos senão aquilo que causasse sua elevação, sua aproximação de Ti e sua ascensão ao céu de Tua transcendente Unidade.

Louvor a Ti, ó Senhor meu Deus! Suplico-Te, por esta Revelação

Louvor a Ti, ó Senhor meu Deus! Suplico-Te, por esta Revelação, através da qual a escuridão se transformou em luz, se construiu o Templo Freqüentado e revelou a Epístola Escrita, desvelando-se o Pergaminho Estendido, que faças descer sobre mim, e sobre aqueles em minha companhia, o que nos possa elevar aos céus da Tua transcendente glória, e nos purifique da mácula das dúvidas que impediram os desconfiados de entrarem no tabernáculo da Tua unidade.

Suplico-Te, ó meu Deus, por Teu grande Sinal, e pela revelação da Tua graça entre os homens

Suplico-Te, ó meu Deus, por Teu grande Sinal, e pela revelação da Tua graça entre os homens, que não me expulses dos portais da cidade da Tua presença, e não frustres as esperanças que depus nos manifestantes da Tua graça em meio às Tuas criaturas. Tu me vês, ó meu Deus, apoiando-me em Teu Nome, o Mais Sagrado, o Mais Luminoso, o Potentíssimo, o Supremo, o Sublime, o Mais Glorioso, e me segurando à orla das vestes à qual se seguraram todos deste mundo e do vindouro.

Ó meu Deus e meu Mestre!

Tu me vês em meio àquelas criaturas Tuas que transgrediram e se rebelaram contra Ti... Suplico-Te, ó meu Deus, por aqueles que jejuaram por amor a Ti e que sorveram, das mãos de Tua generosidade, as águas vivificadoras da submissão, que ordenes para Teus amados...todo o bem que apontaste em Teus Livros e Tuas Epístolas...

Pages

Subscribe to RSS - Jejum