Tempo de serviço

Noticias / Tempo de serviço

Tempo de serviço

Leia essa e outras notícias no Bahá'í Brasil - edição 39

Um dos principais ensinamentos bahá’ís diz respeito ao serviço à humanidade. Dessa forma, projetos de ação social estão sempre em constante desenvolvimento pela Comunidade Bahá’í. Voltadas ao progresso da sociedade, algumas dessas ações incluem educação espiritual para crianças, reuniões de oração e meditação e círculos de estudos. Entretanto, muitos bahá’ís decidem não só ajudar no desenvolvimento da comunidade na qual estão inseridos, como também nas de outros estados e países. O tempo de serviço é um período no qual aquele que escolheu servir realizará ações voluntárias em prol de alguma comunidade, em busca de elevar os aspectos da vida social ou econômica de uma população. Durante esse período, que pode variar de alguns dias a alguns anos, procura-se ajudar os indivíduos no desenvolvimento de qualidades espirituais, virtudes e capacidades intelectuais.

É comum que alguns desses voluntários tenham conhecimentos adquiridos anteriormente ao período de serviço, não se excluindo, contudo, a possibilidade de serem capacitados logo após demonstrar a sua vontade em servir. Em algumas regiões, por exemplo, têm focado em trabalhos com grupos de pré-jovens (entre 11 e 14 anos) para isso, os voluntários são convidados a completarem os livros 1 e 5 do Instituto Ruhi de Capacitação. Outros jovens que participaram de Conferências de Juventude por exemplo, engajaram-se em conhecer bem os materiais estudados sobre construção de comunidades sustentáveis, para aplicá-los em outras regiões do país.

Os jovens procuram muitas vezes o serviço como uma nova experiência de conhecer diferentes culturas. Assim como Gabriel, eles buscam aprender com o convívio e a estadia em lugares diferentes, onde podem tomar o programa como uma oportunidade para servir a humanidade, refletir sobre as suas próprias vidas e aprender mais sobre si mesmos. Assim como os Instrutores Viajantes, vários grupos se dedicam a servir comunidades. O Pioneiros de Frente Interna por exemplo, se deslocam dentro do próprio estado, ou cidade e trabalham nos agrupamentos próximos a eles. Os agrupamentos são divididos em vários estágios de acordo com o Programa de Crescimento, os voluntários ajudam a evoluir e passar para um estágio mais avançado. São muitas as oportunidades de serviço aqui no Brasil e até mesmo no exterior, e o jovem ou adulto que decidir viver essa experiência terá como recompensa um grande conhecimento e aprendizado que irá adquirir ao longo do percurso.

Gabriel Caetano (foto) é um dos jovens que decidiram dedicar um tempo de serviço. Ele é natural de Mogi Mirim (SP) e participa de equipes de Instrutores Viajantes, grupos que visitam agrupamentos e ensinam atividades e conceitos bahá’ís. É a primeira vez que Gabriel está servindo desta forma. “Ter contato com comunidades diferentes nos traz um grande aprendizado, conhecemos pessoas novas e que enxergam o mundo de maneiras diferentes, compartilhamos experiências, alegrias, tristezas e passamos juntos por crises e vitórias. Tudo isso nos fortalece de uma maneira extraordinária”, relata Gabriel.

Shahin Nasrabadi é outro jovem que já serviu em outro país, ele passou alguns meses na escola Green Acre, no estado americano de Maine e explica o motivo pelo o qual decidiu servir: “Um dos motivos foi a indecisão de qual carreira seguir, então na dúvida decidi dar um tempo servindo. Meu tempo de serviço foi maravilhoso, nestes 7 meses eu me conheci muito e me aprofundei bastante nas escrituras da fé. Fiz amizades incríveis que espero manter para sempre, é impressionante como nos tornamos reflexivos em relação a nossos atos e ações, e criamos uma sede de mudança.” A Escola Bahá’í do Green Acre é um centro de conferências e retiro operado pela Assembleia Nacional dos Bahá’ís dos Estados Unidos, famosa por ter hospedado Abdu’l-Bahá, recebe todo ano jovens de vários países interessados pela Causa.

Leia essa e outras notícias no Bahá'í Brasil - edição 39

RSS

Para subscrever a nossa feed RSS de notícias clique aqui