Já está no ar a edição 39 do Bahá'í Brasil

Noticias / Já está no ar a edição 39 do Bahá'í Brasil

Já está no ar a edição 39 do Bahá'í Brasil

Acesse a versão eletrônica completa: Bahá'í Brasil - edição 39

Editorial

Nos últimos anos, uma das mais notáveis percepções da Comunidade Mundial Bahá’í é esse novo ritmo e nova dinâmica marcada por ciclos de três meses. Cada um desses ciclos é entremeado por fases de reflexão, planejamento, ação e consulta. Isso tem ajudado os crentes, a comunidade e as instituições a alcançarem uma nova compreensão e coerência  das atividades. Em toda comunidade se vê essa  uma mudança significativa de cultura, com o propósito único de melhor contribuir para o processo civilizatório.

Desde as Conferências de Juventude em 2013, tem-se evidenciando uma constante mobilização e participação ativa dos jovens nesse processo e na condução das atividades centrais, como membros das agências e instituições, ou como tutores em equipes itinerantes, ano de serviço ou pioneiros de frente interna. O número de participantes das atividades que contribuem para a capacitação de nossos jovens, como o Programa de Ação Social (PAS) e o Instituto para Estudos em Prosperidade Global (ISGP) tem aumentado, e com isso a capacidade para participar efetivamente dos discursos da sociedade e pesquisar sobre questões específicas da humanidade, estimulando-os  a se envolverem mais na vida de suas comunidades, contribuindo para um melhor entendimento de métodos, abordagens e instrumentos que visam auxiliar numa efetiva mudança social.

No âmbito nacional, um impulso adicional para se conquistar as metas do Plano de Cinco Anos no Brasil foi a realização da primeira Conferência Nacional de Instituições Regionais (Brasília, em dezembro). O evento reuniu membros das instituições de todas as regiões, com os membros da Assembleia Nacional e Conselheiros Continentais (pessoa recurso designada pela Casa de Justiça). A Conferência permitiu alcançar uma unidade de visão entre os Conselhos bahá’ís, Institutos regionais e suas coordenações e membros do Corpo Auxiliar, estimulando-os à ação conjunta para a mobilização de recursos humanos de suas respectivas regiões para o campo de ação, de modo a alcançar as metas ainda pendentes. As instituições e suas agências, os indivíduos e toda a comunidade bahá’í brasileira têm cuidado com firmeza e constância do desenvolvimento espiritual, social e intelectual, através das atividades centrais do Plano.

Não é diferente no berço da Fé, o Irã, onde apesar do continuado jugo da opressão pelo governo, a Comunidade Bahá’í é reconhecida como uma força de mudança construtiva em seu ininterrupto registro de serviços desinteressados à sociedade. A Casa de Justiça tem enviado continuamente guias inspiradoras e educativas, exaltando a posição destemida perante os dolorosos testes. Enquanto isso, a Secretaria de Ações com a Sociedade e o Governo (SASG) da Assembleia Nacional, assim como as demais comunidades bahá’ís nacionais prossegue em seus esforços para informar e conseguir o apoio de governantes, instituições acadêmicas e religiosas, mídia e organizações não-governamentais, para defender os nossos irmãos de Fé no Irã.

Como sinal também dessa unidade entre bahá’ís do Oriente e do Ocidente, lembramos da adoção de um calendário único por todos os bahá’ís do mundo, como “símbolo do poder da Revelação Divina em transformar a percepção humana quanto a realidade material, social e espiritual”. No Naw-Rúz deste ano, os momentos sagrados bahá’ís serão diferenciados e se repensará “o lugar da humanidade no tempo e no espaço” e se reformulará “o ritmo da vida”. 

Acesse a versão eletrônica completa: Bahá'í Brasil - edição 39

RSS

Para subscrever a nossa feed RSS de notícias clique aqui