Bahá’ís do mundo celebram aniversário dos Fundadores da Fé

Noticias / Bahá’ís do mundo celebram aniversário dos Fundadores da Fé

Bahá’ís do mundo celebram aniversário dos Fundadores da Fé

Nos próximos dias 13 e 14 a comunidade bahá’í mundial irá comemorar os aniversário dos Fundadores da Fé Bahá’í, O Báb e Bahá'u'lláh. Será a primeira vez que o ocidente fará a comemoração conjunta das datas, já que até 2014 esses dias sagrados eram celebrados de acordo com o calendário gregoriano - um calendário solar. O calendário Badí, implementado a partir desse ano pela comunidade bahá’í, foi calculado de maneira a assegurar que a celebração dos “Aniversários Gêmeos” ocorra em dias consecutivos, sendo comemorados na mesma data em todo o mundo, de acordo com o calendário lunar. De acordo com tabelas astronômicas, as datas correspondentes a essas celebrações variarão ao longo dos anos, podendo ocorrer entre os meses gregorianos de outubro e novembro.

O calendário Badí também é predominantemente solar, e o Naw Ruz (ano novo bahá’í) ocorre no dia do equinócio vernal - que no calendário gregoriano corresponde a meados de março. O Báb nasceu no primeiro dia após a oitava lua nova depois do Naw Ruz de 1819, de acordo com o calendário gregoriano; Bahá’u’lláh nasceu no segundo dia após essa mesma lua nova de 1817. “Esses dois dias são considerados um só aos olhos de Deus”, afirma Bahá’u’lláh. Trata-se de um festival sublime, que simboliza a unicidade de Deus e da humanidade, assim como a indivisibilidade da própria Fé Bahá’í, com seus Manifestantes Gêmeos.  

As vidas d’O Báb e de Bahá’u’lláh são notáveis ​​no campo da história religiosa. Durante o período de seis anos a partir da declaração de Sua missão religiosa até sua execução pelo governo persa, em 1850, o Báb escreveu cerca de meio milhão de versos. Já Bahá'u'lláh deixou por escrito o equivalente a cerca de 100 volumes, dos quais apenas uma pequena parte encontra-se atualmente traduzida e publicada. Em uma homenagem realizada no Congresso Nacional brasileiro, o então deputado federal Luis Gushiken descreveu escritos de Bahá'u'lláh como "o trabalho religioso mais colossal escrito pela pena de um homem." Como parte do processo de preparação das comunidades bahá’ís ao redor do mundo para a celebração dos Aniversário Gêmeos, que serão observados no próximo final de semana, vários trechos inéditos acerca dessas importantes datas foram recentemente traduzidos para diversos idiomas, inclusive o Português. (Clique aqui para ter acesso a textos selecionados)

Além de orações e leituras, as comemorações locais contarão ainda com apresentações artísticas e momentos de confraternização, abertos a todos os interessados. Para maiores informações, entre em contato com a comunidade bahá’í mais próxima de você ou mande uma mensagem para info@bahai.org.br.

RSS

Para subscrever a nossa feed RSS de notícias clique aqui