8 de março - Dia Internacional das Mulheres

Noticias / 8 de março - Dia Internacional das Mulheres

8 de março - Dia Internacional das Mulheres

Sarau em São Caetano do Sul (SP) homenageará a data, instituída pelas Nações Unidas e celebrada mundialmente

No próximo sábado, dia 8 de março, instituído pelas Nações Unidas como Dia Internacional das Mulheres, milhares de pessoas se manifestarão a favor dos direitos das mulheres. No Brasil e no mundo, indivíduos e instituições têm buscado agir de forma a desconstruir os tão arraigados preconceitos de gênero, que ainda hoje resultam em tratamentos diferenciados no universo das famílias, do trabalho e até mesmo da ciência

Porém, para mudar esta realidade, é preciso converter crenças e princípios em ações práticas que façam uma diferença real nas vidas das mulheres e de toda a sociedade à sua volta. 

Bahá'u'lláh, o Fundador da Fé Bahá'í, ensinou que “mulheres e homens sempre foram e sempre serão iguais perante os olhos de Deus”. Por este motivo, bahá'ís por todo o mundo se dedicam diuturnamente à promoção da igualdade de oportunidades para ambos os sexos e a atividades que conduzam ao avanço das mulheres em todas as áreas de atuação da humanidade.

"A participação de mulheres e homens em todos os aspectos da vida comunitária, em pé de igualdade, é algo muito marcante na comunidade bahá'í", acredita o jovem administrador e violinista Nader Vahdat, de São Caetano do Sul (SP). "As mulheres são estimuladas a participar nos processos de tomada de decisões e a servir lado a lado com os homens nos corpos administrativos nacionais, regionais e locais." 

"Além disso, as capacitações do Instituto Ruhi e das atividades educacionais para crianças e pré-jovens também incorporam o compromisso com a igualdade de gênero, a paz e os direitos humanos universais", explica Nader.

Convite - sarau em São Caetano do Sul (SP)Para marcar o 8 de março, algumas comunidades bahá'ís organizarão celebrações simbólicas em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres. Em São Caetano do Sul (SP), por exemplo, cidade onde vive Nader, haverá um sarau em homenagem à data. "A ideia principal era convidar apenas musicistas mulheres para se apresentarem, mas acabamos optando por abrir também para apresentações de artistas do sexo masculino", conta Nader. "Jovens e crianças também se apresentarão."

"O programa do sarau incluirá também o estudo de alguns trechos das Escrituras Sagradas que falam sobre esse tema. Como estamos no período do jejum, muitos dos bahá'ís ainda não terão se alimentado, e por isso teremos um lanche comunitário também - algo que fizemos ano passado e deu certo”, alegra-se Nader.

Para saber mais sobre as atividades bahá'ís voltadas para o avanço das mulheres, clique aqui.

RSS

Para subscrever a nossa feed RSS de notícias clique aqui