Migração e o papel da religião são temas em grande encontro europeu

Noticias / Migração e o papel da religião são temas em grande encontro europeu

Migração e o papel da religião são temas em grande encontro europeu

O Escritório da Comunidade Internacional Bahá’í (BIC) de Bruxelas participou recentemente da maior conferência anual de direitos humanos e democracia na Europa, a Reunião de Implementação da Dimensão Humana (Human Dimension Implementation Meeting - HDIM). O evento é organizado pela Organização de Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) e aconteceu de 21 de setembro a 2 de outubro em Varsóvia, Polônia.

Representantes de 57 países dentre os estados da OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação na Europa) estiveram reunidos juntamente com organizações da sociedade civil e outros participantes.

As sessões intolerância, que trataram em particular o combate ao racismo e xenofobia, tiveram espaço especial para tratar sobre a discriminação de comunidades religiosas. Os estados participantes da OSCE haviam se comprometido anteriormente com a prevenção a tal intolerância e discriminação através de “encorajamento ao desenvolvimento de políticas de educação doméstica abrangente”, bem como “através de medidas adicionais de aumento de conscientização”.

Durante as sessões, Rachel Bayani, representante da Comunidade Internacional Bahá’í, encorajou a OSCE a explorar de que modo os processos educacionais e os esforços em prol de capacitação podem reforçar a consciência coletiva da unicidade da humanidade, especialmente entre a juventude e gerações mais novas. “Intolerância e discriminação são essencialmente manifestações de uma tendência a identificar-se de modo restrito com certas características sociais, culturais, físicas e outras, e colocá-las no centro do nosso entendimento do si mesmo. A fim de evitar tais identificações restritas, há uma necessidade de buscar maneiras de fortalecer a consciência coletiva a respeito da unicidade subjacente da humanidade e ampliar o entendimento da nossa abrangente identidade humana fundamental”, declarou Bayani.

A sessão sobre liberdade de pensamento, consciência e religião ou crença ofereceu uma oportunidade de discutir os desafios existentes para o pleno exercício do direito acima na área da OSCE e os meios através dos quais todos os protagonistas pertinentes, inclusive comunidades religiosas, podem trabalhar em conjunto para tratar desses desafios.

Rachel Bayani ressaltou que a promoção do direito à liberdade de religião ou crença precisa seguir junto com um entendimento mais profundo de como a religião contribui para o avanço da sociedade: “Não é de surpreender que as percepções quanto ao modo de a religião contribuir para a sociedade tendam a ficar anuviadas devido a algumas expressões destrutivas de crença religiosa que hoje aparecem em todo o mundo e na Europa. Há necessidade de iniciar um processo coletivo de identificar um arcabouço conceitual que permita que as forças construtivas da religião encontrem expressão. A Comunidade Internacional Bahá’í encoraja a OSCE a começar um processo de explorar como a religião, seus princípios, seus conceitos e suas percepções contribuem para resolver conflitos, facilitar uma maior harmonia social e criar sociedades estáveis e pacíficas.”

Cobertura em vídeo das contribuições sobre intolerância, bem como sobre liberdade de religião ou crença também estão disponíveis no site da OSCE.


Matéria original: Migration and role of religion discussed at major European gathering

RSS

Para subscrever a nossa feed RSS de notícias clique aqui