Comunidade Israelita promove diálogo inter religioso

Noticias / Comunidade Israelita promove diálogo inter religioso

Comunidade Israelita promove diálogo inter religioso

Antes da 8ª Caminhada em Defesa da Liberdade Religiosa no Rio de Janeiro, os líderes de várias denominações religiosas se reuniram no Clube Israelista Brasileiro, que abriu as portas para diversas orientações religiosas.  

A reunião foi aberta por Ivanir dos Santos, representante da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa do Rio de Janeiro (CCIR), seguido de falas das várias lideranças religiosas presentes sobre o propósito de construção de uma sociedade unida, na qual se vem a estabelecer uma cultua de paz. 

A novidade foi que durante o ato foi assinado um termo de compromisso pela polícia do Rio de Janeiro para garantir o direito do exercício de todas as religiões livre de preconceito, tendo em vista que cada vez mais atos criminosos vem sendo praticados contra as religiões de matrizes africanas em todo o Brasil.

A caminhada inclusive adotou a frase da campanha começada pela família de Kayllane, a menina de 11 anos que levou uma pedrada ao sair de uma festa de candomblé: “Eu visto branco. Sou da paz e você?”. No entanto, nem todas as religiões  utilizam a cor branca como a principal de suas vestes. O sacerdote Wicca, Og Sperle, disse na coletiva de imprensa que veste preto e também é da paz. “Nós vestimos preto e também somos da paz. Não é a cor de nossas roupas que molda nosso caráter”, ressaltou Sperle.

Inaê Estrela, representante da Comunidade Bahá’í no evento, disse  disse estar "muito feliz pela visibilidade que se dá aos mais de cem bahá’is presos injustamente no Irã. Cada pedrada em uma jovem de religião de matriz africana e cada bahá'í preso no Irã, é uma pedrada e uma prisão que se dirige a todos os seres humanos. Somos guardiões responsáveis pelo bem-estar de todos e, por isso é nosso papel ajudar na conscientização da população para que o preconceito deixe de existir", completou Inaê.

RSS

Para subscrever a nossa feed RSS de notícias clique aqui