Convenções Regionais promovem consultas sobre temas de interesse da comunidade

Noticias / Convenções Regionais promovem consultas sobre temas de interesse da comunidade

Convenções Regionais promovem consultas sobre temas de interesse da comunidade

As Convenções Regionais são momentos únicos em que a comunidade compartilha de um espaço de consulta, que têm envolvido um número cada vez maior de bahá'ís nos processos decisórios e administrativos da comunidade bahá'í por todo o país. Nelas são eleitos os delegados e delegadas que irão representar a respectiva região na 55ª Convenção Nacional dos Bahá’ís do Brasil. 

Marcadas para novembro desse ano, as Convenções Regionaisão são uma etapa preparatória para a Convenção Nacional. Elas acontecem no âmbito das regiões bahá’ís (vide mapa) e se assemelham a uma reunião de reflexão, onde as ações são avaliadas para, a partir daí, planejar os próximos passos. 

Dessa forma, o objetivo das Convenções Regionais vai muito além da eleição dos delegados. É preciso pensar nelas como um espaço de reflexão que vai para além do agrupamento e reflete em toda a região. É uma possibilidade de se encontrar com pessoas com características afins, trocar experiências, consultar e acompanhar o que acontece na regiao. 

A quantidade de delegados a serem eleitos depende de cada região, atualmente variando de um a onze, num total de 76 pessoas para todo o Brasil, conforme determinado pela Casa Universal de Justiça.. Diferentes das eleições nacionais, as eleições bahá'ís são realizadas sem qualquer partidarismo: não há campanhas em prol ou contra qualquer indivíduo, e a votação secreta ocorre em espírito de oração e serviço à comunidade. Votar é tanto um direito administrativo quanto um dever espiritual de cada bahá'í. Os quesitos principais considerados para a eleição incluem a promoção da diversidade, o equilíbrio, a experiência em assuntos comunitários e a maturidade espiritual dos indivíduos. Cada participante de uma convenção deve votar no número de delegados determinado para a sua região. Por isso, o voto deve ser ponderado com consciência, levando-se em consideração as guias do amado Guardião.

 

Orientações Gerais

1) O eleitor deve ter em mente as seguintes guias do amado Guardião: “...os eleitores devem, com oração e devoção, e depois de meditar e refletir, eleger almas fiéis, sinceras, experientes, capazes e competentes, dignas de serem membros...”;

2) O Voto deverá ser colocado em um envelope e enviado para o endereço indicado, não se esquecendo de colocar como remetente, no envelope externo, seu nome e a comunidade a qual pertence; 

3) O eleitor não deverá assinar a cédula para não ser invalidada; 

4) Todos podem participar da Convenção! Porém, para votar e ser votado é necessário ser bahá'í acima de 21 anos;

5) Todo bahá'í, maior de 21 anos, homem ou mulher, residente no Brasil, em plena posse de seus direitos administrativos pode ser eleito, salientando que os Conselheiros Continentais não são elegíveis;

6) É imprescindível que os escrutinadores tenham absoluta certeza do nome da pessoa votada. Portanto o eleitor deve usar letras de forma e maiúsculas, de forma bem legível, colocando o(s) nome (s) completo(s) e a cidade onde reside(m); 

7) Deverá ser tomado muito cuidado para não repetir um nome, pois isto invalida a cédula de votação. O mesmo vale para o preenchimento do número exato de nomes, pois votar em mais ou em menos, anulará a cédula;

8) O voto é individual e secreto! Caso não saiba ler ou escrever, peça ajuda de uma pessoa de confiança, até mesmo a um jovem ou criança, para preencher a cédula de votação. Mas a escolha deve ser do votante e não de quem está preenchendo em seu nome.

 

Para saber mais sobre a Convenção Regional de sua região, fique atento aos comunicados das instituições locais ou escreva para info@bahai.org.br

 

Leia essa e outras matérias na edição 38 do Bahá'í Brasil

RSS

Para subscrever a nossa feed RSS de notícias clique aqui