Curso Desenvolvimento Espiritual Integral à Luz dos Ensinamentos da Fé Bahá'í



Primeira Parte - Terceira Lição
A REALIDADE DO HOMEM


Bahá'u'lláh, definitivamente, esclarece ser o homem um ser espiritual, de vida eterna. Revelou um livro chamado Palavras Ocultas que dá ensinamentos sobre a verdadeira natureza do ser humano, a par de conselhos de perfeição, para que a vida humana seja har-monizada de forma integral com sua verdadeira natureza espiritual - a realidade do homem.

Vejamos alguns desses ensinamentos. Tais palavras são ditas como se o próprio Deus -- Criador Supremo -- estivesse se dirigindo ao homem:

Ó Filho do Homem!
Velado em Meu ser imemorial e na eternidade antiga de Minha Essência, conheci Meu amor por ti e assim te criei, gravando em ti Minha imagem e revelando-te Minha Beleza.

Ó Filho do Ser!
Tu és Minha lâmpada, e Minha Luz está em ti. Que obtenhas dela o teu esplendor e não aspires a outro senão a Mim; pois Eu te criei rico e generosamente derramei sobre ti as Minhas graças.

Ó Filho do Ser!
Com as mãos do poder, Eu te fiz; com os dedos da firmeza, Eu te criei; e dentro de ti coloquei a essência de Minha Luz. Que estejas contente com isto e nada mais busques, pois é perfeita Minha obra e inexorável Meu mandamento. Não questiones, nem alimentes dúvidas sobre isto.

Ó Filho do Espírito!
Eu te criei rico, por que te empobreces? Nobre te fiz; por que te rebaixas? Da essência da sabedoria, Eu te concedi a existência; por que buscas iluminação de outro, senão de Mim ? Da argila do amor, te moldei; como é que te ocupas com outro? Volta teus olhos a ti mesmo, a fim de que, dentro de ti, Me possas encontrar, forte, poderoso, O que subsiste por Si próprio.

Ó Filho do Homem!
Tu és meu Domínio, e Meu domínio não perece; por que temes perecer? És Minha Luz, e Minha Luz jamais se extinguirá; por que receias extinção? És Minha glória, e Minha glória não se esvaece; És Minha vestimenta, e Minha vestimenta jamais se desgastará. Permanece firme, pois, em teu amor por Mim, a fim de Me encontrares no Reino da Glória.

Ó Filho da Visão Maravilhosa!
Insuflei em ti um sopro de Meu próprio Espírito, a fim de que Me pudesses amar. Por que Me abandonaste e quiseste outro, senão a Mim, como teu bem-amado?

Ó Filho do Trono!
Teu ouvido é Meu ouvido; que ouças com ele. Tua vista é Minha vista; com ela deves tu ver, para que, no íntimo de tua alma, possas testemunhar Minha santidade sublime e Eu, dentro de Mim Mesmo, possa te conceder uma posição excelsa.

Ó Filho do Ser!
Teu coração é Meu lar; santifica-o para Minha descida. Teu espírito é a sede de Minha Revelação; purifica-o, para que nele Eu possa Me manifestar.

Ó Filho do Homem!
Minha eternidade é Minha criação; a ti a destinei. Faze-a a vestimenta de teu templo. Minha unidade é obra de Minhas mãos; elaborei-a para teu bem. Adorna-te com ela, a fim de que sejas, por toda a eternidade, a revelação de Meu ser imortal.16

No entanto, apesar da grandiosidade espiritual do homem, nunca deverá ele deixar de ser humilde e de reconhecer sua total dependência de Deus, o Criador Supremo. Bahá’u’lláh adverte:

Ó Filhos dos Homens!
Não sabeis por que Nós vos criamos a todos do mesmo pó? A fim de que ninguém se enaltecesse acima dos outros. Ponderai no coração, em todos os tempos, de que modo fostes criados. Desde que vos tenhamos criado a todos da mesma substância, deveis ser como uma só alma, andando com os mesmos pés, alimentando-vos com a mesma boca e habitando na mesma Terra, a fim de que, do íntimo de vosso ser, através de vossas ações, se manifestem os sinais da unidade e a essência do despreendimento. É este o Meu conselho a vós, ó assembléia da luz! Atendei a este conselho para que possais obter, da árvore de glória maravilhosa, o fruto da santidade.17

A natureza da alma

Bahá’u’lláh esclarece o seguinte:

Tu me perguntaste sobre a natureza da alma. Deveis saber, em verdade, que a alma é um sinal de Deus, uma jóia celestial cuja realidade nem os mais sábios dentre os homens tem podido compreender, e cujo mistério, mente alguma, nem a mais atilada, jamais poderá esperar desvendar. Dentre todas as coisas criadas, é a primeira a declarar a excelcitude de Seu Criador, a primeira a reconhecer Sua glória, aderir à Sua verdade, e curvar-se em adoração em Sua presença. Se for fiel a Deus, refletirá Sua Luz e para ele, finalmente, se voltará. Se falhar em lealdade ao Criador, porém, tornar-se-á vítima do ego e da paixão, em cujas profundidades haverá, por fim, de se submergir.18


<-- Segunda Lição | Home | Quarta Lição -->



Webmaster - Comunidade Bahá'í do Brasil