Curso Desenvolvimento Espiritual Integral  Luz dos Ensinamentos da F Bah' 
 


Primeira Parte - Primeira Lição
A ORAÇÃO 


Conversando com Deus 

A oração, diz 'Abdul-Bahá, é a conversação com Deus. A fim de tornar conhecidas aos homens a Sua Mente e Vontade, Deus lhes deve falar numa linguagem que eles possam compreender, e isso Ele faz pela boca de Seus Santos Mensageiros. Enquanto fisicamente vivos, esses Mensageiros Divinos conversam com os homens face a face, transmitindo-lhes a Mensagem de Deus. Depois de morrerem, Sua mensagem continua a penetrar na mente humana, através de Sua Palavra registrada e de Seus Escritos.1 
Não é essa, porém, a única maneira pela qual Deus Ihes pode falar. Há uma "linguagem do espírito", que é independente da palavra falada ou escrita, pela qual Deus se comunica com aqueles cujos corações buscam a verdade, inspirando-lhes onde quer que se encontrem e qualquer que seja sua raça ou idioma. 
Devemos falar na linguagem do céu, do espírito, pois há uma linguagem do espírito e do coração. É a linguagem do espírito que fala a Deus. Quando nos momentos de oração nos libertamos de todas as coisas externas e nos voltamos para Deus então é como se no coração ouvíssemos a voz de Deus. Sem palavras, falamos. Comunicamo-nos e conversamos com Deus, e ouvimos Sua reposta... 'Abdul-Bahá (Filho de Baháulláh e Seu intérprete autorizado)2 
Baháulláh - Profeta-Fundador da Fé Baháí e Manifestante de Deus para este Dia - declara que as mais altas verdades espirituais só podem ser comunicadas por meio dessa linguagem espiritual. 

A atitude de devoção 

A fim de podermos atingir a condição espiritual em que se torna possível conversamos com Deus: 
Devemos nos esforçar a fim de atingirmos esta condição, separando-nos de tudo e do povo do mundo, e voltando-nos para Deus somente. Será preciso algum esforço da parte do homem para alcançar tal estado, mas ele deve trabalhar para isso, lutar por isso. É pensando e cuidando menos das coisas materiais, para pensar e cuidar mais das coisas espirituais, que irá atingí-lo. Quanto mais nos afastamos de uma, mais nos aproximamos da outra. A escolha é nossa.3 
Baháulláh, escreveu: 
Quem busca ao Bem-Amado, deve, todos os dias ao alvorecer, comungar com Deus e de toda a sua alma, perseverar nessa busca.
Diz ainda Baháulláh: 
Libertai as vossas almas, ó povo, da prisão do ego, e purificai-as do apego a qualquer coisa senão a Mim. A Minha lembrança livra da corrupção todas as coisas.

Orações 

Recite diariamente as seguintes orações baháís: 6 

Entoa, ó meu Servo, os versículos de Deus que por ti foram recebidos... a fim de que a doçura de sua melodia acenda tua própria alma e atraia o coração de todos os homens. Se alguém, recluso em seus aposentos, recitar os versículos revelados por Deus, os anjos do Onipotente difundirão a fragrância das palavras emanadas de seus lábios. Baháulláh 7 

De manhã cedo: 

Ó Deus, refresca e alegra meu espirito. Purifica meu coração. Ilumina meus poderes. Em Tuas mãos confio todos os meus interesses. És meu Guia e meu Refugio. Não mais se apossarão de mim a tristeza e a ansiedade, e sim, o contentamento e a alegria. Ó Deus, jamais me entregarei à aflição, nem permitirei que os desgostos me atormentem, ou as coisas desagradáveis da vida me inquietem. Ó Deus, és mais meu Amigo do que eu o sou de mim mesmo. Dedico-me a Ti, ó Senhor. 'Abdul-Bahá 8 
Levantei-me esta manhã por Tua graça, ó meu Deus, e parto de minha casa com toda a confiança em ti e entregando-me a Teus cuidados. Faze descer sobre mim, pois, do céu de Tua misericórdia, uma benção de Tuas mãos, e deixa-me voltar para casa em segurança, assim, como me permitiste sair, sob Tua proteção, com meus pensamentos dirigidos constantemente a Ti. Não há outro Deus senão Tu - Uno, Incomparável, Onisciente, a Absoluta Sabedoria. Baháulláh 

Ao meio-dia: 

Dou testemunho, ó meu Deus, de que Tu me criaste para Te conhecer e adorar. Confesso, neste momento, minha incapacidade e Teu poder, minha indigência e Tua riqueza. Não há outro Deus além de Ti, o Amparo no perigo, o que subsiste por Si Próprio. Baháulláh 

À noite: 

Ó Meu Deus, meu Mestre, Alvo de meu desejo! Este servo Teu quer dormir à sombra da Tua misericórdia e repousar sob o pálio da Tua graça, implorando o Teu cuidado e a Tua proteção. Suplico-te, ó meu Senhor, pelos Teus olhos insones, guardes os meus olhos para que nada vejam senão a Ti. Fortalece-lhes, pois a visão, para que discirnam os Teus sinais e contemplem o Horizonte da Tua Revelação. És aquele ante as manifestações de Cuja supremacia, tremeu a quintessência do poder. Nenhum Deus há senão Tu, o Onipotente, O que tudo domina, o Absoluto. Baháulláh 

 
<-- Introdução | Home | Segunda Lição --> 
 
 

Webmaster - Comunidade Bahá'í do Brasil