Eliminação dos Preconceitos

A Fé Bahá'í / Ensinamentos / Eliminação dos Preconceitos
title: 
Todo preconceito dever ser eliminado

Somos Bahá'ís

Clique aqui e conheça o perfil de alguns indivíduos que estão contribuindo para a melhora do nosso país.

Bahá’u’lláh ensina que só existe uma raça humana. A essência de Sua mensagem declara que os seres humanos são "os frutos de uma só árvore e as folhas do mesmo ramo". Devemos, portanto, buscar o entendimento mútuo e a amizade entre todas as nações, culturas e povos.

Afirmações de que um grupo particular de pessoas seja de alguma maneira superior ao restante da humanidade não têm qualquer fundamento. Assim, todo tipo de preconceito - seja racial, étnico, nacional, religioso, econômico ou social - precisa ser superado a fim de permitir o estabelecimento de uma sociedade justa e pacífica.

Numa de Suas primeiras obras, As Palavras Ocultas, Bahá'u'lláh declarou:

A realidade do ser humano é a sua alma

A existência material é apenas uma etapa em nosso desenvolvimento espiritual. A alma continua existindo quando nos libertamos de nosso corpo físico. Assim sendo, sexo, raça/etnia ou deficiência física são apenas algumas das características efêmeras da nossa existência - algo que não deve impedir o desenvolvimento de nossos talentos e capacidades.

Para saber mais sobre como desenvolver o seu pleno potencial, clique aqui.

"Não sabeis por que Nós vos criamos a todos do mesmo pó? A fim de que ninguém se enaltecesse acima dos outros.

A própria diversidade da raça humana é, na verdade, um meio para se criar um mundo baseado na unidade em vez de na uniformidade. A unidade não será alcançada pela mera supressão das diferenças, mas sim por meio de uma crescente consciência e respeito pelo valor intrínseco de cada cultura e de cada indivíduo. O conflito não é gerado pela diversidade em si própria, mas por uma atitude imatura diante dela, pela nossa intolerância e pelos nossos conceitos distorcidos acerca dos outros.

'Abdu'l-Bahá expressou este ponto de vista na seguinte passagem, compilada no livro A Divina Arte de Viver:

"Considerai as flores de um jardim: diferem em espécie, cor, forma e aspecto. Não obstante, desde que são refrescadas pelas águas da mesma fonte, revivificadas pelos sopros de um só vento e revigoradas pelos raios de um único Sol, sua diversidade lhes aumenta o encanto e realça a beleza. Assim, quando a força unificadora que é a influência penetrante do Verbo de Deus faz efeito, a variedade de costumes, procedimentos, hábitos, ideias, opiniões e temperamentos embeleza o mundo da humanidade...

Desenvolvimento Comunitário

Conheça algumas das atividades realizadas pelos bahá'ís em todo o Brasil.

Quão pouco nos agradaria aos olhos se todas as plantas e árvores desse jardim, com seus ramos, suas folhas, flores e frutos fossem da mesma forma e cor! A diversidade de colorido, formato e aparência enriquece e adorna o jardim e aviva-lhe a aparência. Outrossim, quando se reúnem vários matizes de pensamento, temperamento e caráter sob a influência e o poder de uma só força dominante, revelam-se e realçam-se a beleza e a glória da perfeição humana."